Observatório de cinema - Casa das Artes de Vila nova de Famalicão

SESSÕES PARA FAMILIAS

O Cinema pode juntar gerações e cruzar disciplinas e linguagens: duas sessões para famílias com workshops; sai-se de Kubo e Duas Cordas com vontade de fazer Origami, um formador do centro Artístico Casa ao Lado promoverá uma oficina; o encenador Pedro Carvalho propõe-se dançar, com adultos e crianças, o filme de animação O Menino e o Mundo.


"Kubo e as Duas Cordas" é o quarto filme da Laika Entertainment, o estúdio de animação em "stop motion" responsável por filmes como "Coraline e a Porta Secreta" ou "ParaNorman". A acção, passada no Japão de antigamente, centra-se num jovem chamado Kubo que, para sobreviver a um ataque de deuses e monstros largados pelo avô, parte numa demanda por uma armadura usada pelo seu defunto pai, um samurai. O filme marca a estreia na realização de Travis Knight, que tinha trabalhado como animador principal nos outros filmes do estúdio, incluído o anterior "Os Monstros das Caixas", de 2014. Nomeado para Oscar de Melhor Animação.
  • de Alê Abreu
  • O MENINO E O MUNDO

  • 21 de Outubro (16h00, GA) M/6
  • O Menino e o Mundo (Animação, Brasil, 2013, 80 min.)
  • página de Alé Abreu | no imdb
  • Com Workshop O FILME QUE EU DANÇO por Pedro Carvalho
  • Inscrições: casadasartes@vilanovadefamalicao.org
  • O Filme que Eu Danço - A partir do Movimento Criativo, não ver apenas com os olhos, ver com o coração e todas as outras partes do corpo. E assim, descobrir a(s) histórias(s) dentro da história, ser capaz de dançar um filme, potenciando-se a experimentação e fruição artísticas entre diferentes gerações. Workshop desenvolvido na modalidade T.P.C. (Trabalho para Pais e Criança), para maiores de 6 anos acompanhados por um adulto (pai, mãe, avó, tia, padrinho, etc.)

Um menino abandona a sua aldeia para procurar o seu pai, descobrindo um mundo dominado por seres estranhos e fantásticos. Uma animação extraordinária, com várias técnicas artísticas (lápis de cor, giz de cera, colagem e aguarela), que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança. A realização é do brasileiro Alê Abreu ("Garoto Cósmico") que, com este filme, se viu nomeado para um Óscar da Academia, na categoria de Melhor Filme de Animação.
Parceiros
Agrupamento de Escolas de Camilo Castelo Branco
Agrupamento de Escolas de Gondifelos
Agrupamento de Escolas D. Maria II
Agrupamento de Escolas D. Sancho I
Cineclube de Joane
Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema
Instituto do Cinema e do Audiovisual
Os Filhos de Lumière / CinEd
Plano Nacional de Cinema
Organização
Contactos