Observatório de cinema - Casa das Artes de Vila nova de Famalicão

SESSÕES PARA FAMILIAS

O Cinema pode juntar gerações e cruzar disciplinas e linguagens: duas sessões para famílias com workshops; sai-se de Kubo e Duas Cordas com vontade de fazer Origami, um formador do centro Artístico Casa ao Lado promoverá uma oficina; o encenador Pedro Carvalho propõe-se dançar, com adultos e crianças, o filme de animação O Menino e o Mundo.


"Kubo e as Duas Cordas" é o quarto filme da Laika Entertainment, o estúdio de animação em "stop motion" responsável por filmes como "Coraline e a Porta Secreta" ou "ParaNorman". A acção, passada no Japão de antigamente, centra-se num jovem chamado Kubo que, para sobreviver a um ataque de deuses e monstros largados pelo avô, parte numa demanda por uma armadura usada pelo seu defunto pai, um samurai. O filme marca a estreia na realização de Travis Knight, que tinha trabalhado como animador principal nos outros filmes do estúdio, incluído o anterior "Os Monstros das Caixas", de 2014. Nomeado para Oscar de Melhor Animação.
  • de Alê Abreu
  • O MENINO E O MUNDO

  • 21 de Outubro (16h00, GA) M/6
  • O Menino e o Mundo (Animação, Brasil, 2013, 80 min.)
  • página de Alé Abreu | no imdb
  • Com Workshop O FILME QUE EU DANÇO por Pedro Carvalho
  • Inscrições: casadasartes@vilanovadefamalicao.org
  • O Filme que Eu Danço - A partir do Movimento Criativo, não ver apenas com os olhos, ver com o coração e todas as outras partes do corpo. E assim, descobrir a(s) histórias(s) dentro da história, ser capaz de dançar um filme, potenciando-se a experimentação e fruição artísticas entre diferentes gerações. Workshop desenvolvido na modalidade T.P.C. (Trabalho para Pais e Criança), para maiores de 6 anos acompanhados por um adulto (pai, mãe, avó, tia, padrinho, etc.)

Um menino abandona a sua aldeia para procurar o seu pai, descobrindo um mundo dominado por seres estranhos e fantásticos. Uma animação extraordinária, com várias técnicas artísticas (lápis de cor, giz de cera, colagem e aguarela), que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança. A realização é do brasileiro Alê Abreu ("Garoto Cósmico") que, com este filme, se viu nomeado para um Óscar da Academia, na categoria de Melhor Filme de Animação.
  • de Nick Park
  • A IDADE DA PEDRA

  • 19 de Maio (15h00 + 17h30 (PA) M/6
  • Early Man (Grã-Bretanha/França, 2017, 85 min.)
  • versão portuguesa
  • entrevista a Nick Park | no imdb
Há milhares de anos, durante o período Neolítico, uma tribo de homens das cavernas levava uma existência pacífica e em total sintonia com a Mãe Natureza. Até que, um dia, foi expulso das suas terras por um exército liderado pelo ganancioso Lord Nooth, com o argumento de que terminara a Idade da Pedra e se dava início à Idade do Bronze. É então que Dug, um corajoso rapaz das cavernas, decide unir o seu clã contra o poderoso exército inimigo numa batalha de futebol. A partida, apesar de difícil, acaba por se tornar épica e por salvar a pequena tribo do jugo do adversário…

Produzido pela Aardman Animations e o BFI (British Film Institute), um filme de animação em "stop-motion" com realização de Nick Park (A Fuga das Galinhas, As Aventuras de Wallace e Gromit). Na versão portuguesa entram as vozes de Bumba na Fofinha (Mariana Cabral), José Pedro Vasconcelos e Eduardo Madeira.
Organização
Contactos